Cirurgia Geral e Cirurgia do Aparelho Digestivo

Cirurgia Geral é a especialidade médica cuja área de atuação compreende: Cirurgia Abdominal, Cirurgia Videolaparoscópica e Cirurgia do trauma. 

Esta especialidade médica ocupa-se do estudo dos mecanismos fisiopatológicos, diagnóstico e tratamento de enfermidades passíveis de abordagem por procedimentos cirúrgicos. 

 

O Cirurgião Geral é aquele habilitado e treinado para resolução das afecções cirúrgicas mais comuns, além de se dedicar à cirurgias laparoscópicas e a cirurgia do trauma da região abdominal.

A Cirurgia do Aparelho Digestivo é um ramo da medicina que estuda, sob o ponto de vista cirúrgico, as doenças que são oriundas dos órgãos responsáveis pela digestão dos alimentos. 

 

No seu campo de ação estão as patologias e cirurgias envolvendo o esôfagoestômagoduodenopâncreasfígado e vias biliaresintestino delgado e órgãos anexos, além da cirurgia da obesidade.

Conheça mais sobre cada uma das cirurgias realizadas pela equipe da Clínica Cirúrgica Chapecó !

Cirurgia Minimamente Invasiva e Cirurgia Videolaparoscópica 

A cirurgia videolaparoscópica é uma técnica cirúrgica minimamente invasiva, na qual os instrumentos cirúrgicos necessários para o procedimento são colocados na cavidade através de trocartes (tubos) inseridos por pequenas incisões na parede abdominal. Esta técnica permite uma recuperação mais rápida com menos dor no pós-operatório, além de ter melhor resultado estético e proporcionar uma alta hospitalar mais precoce.

m_cirurgia2305.jpg

A maioria das cirurgias do aparelho digestivo podem ser realizadas por este método, sendo as mais realizadas a Colecistectomia (cirurgia da vesícula biliar), Apendicectomia (cirurgia para apendicite), Fundoplicatura (cirurgia para a doença do refluxo gastroesofágico), Hernioplastia inguinal (correção de hérnias da virilha), Cirurgia bariátrica (cirurgia para tratamento da obesidade), Hepatectomia (cirurgia para tratamento de tumores do fígado), Pancreatectomia (cirurgia para tratamento de tumores do pâncreas), Gastrectomia (cirurgia para tratamento do câncer de estômago), Colectomia (tratamento do câncer de cólon), além de outras cirurgias menos comuns.

 Através da videocirurgia é realizado o mesmo procedimento da técnica aberta, porém sem a necessidade de abrir a cavidade abdominal.

Nesta técnica cirúrgica, são introduzidos trocaters - portais de 5 e 10, 11 e 12mm - na cavidade abdominal, com a visualização feita através de um ótica introduzida pela cicatriz umbilical.

 

A cirurgia por vídeo traz os benefícios de menos dor no pós-operatório, retorno precoce às atividades físicas, menor índice de infecções e hernias, melhor efeito estético, entre outros.

Mini Videolaparoscopia

Este método é semelhante a cirurgia videolaparoscópica, porém utiliza pinças e trocateres de menor diâmetro (2-3mm), enquanto que a cirurgia videolaparoscópica convencional utiliza trocateres de 5 e 10, 11 e 12mm. Este método resulta em melhor efeito estético e menos dor no pós-operatório.

​Através da videocirurgia é realizado o mesmo procedimento da técnica aberta, porém sem a necessidade de abrir a cavidade abdominal.

Nesta técnica cirúrgica, são introduzidos trocaters - portais de 2 a 3 mm de diâmetro - na cavidade abdominal, com a visualização feita através de um ótica introduzida pela cicatriz umbilical.


A cirurgia por video traz os benefícios de menos dor no pós-operatório, retorno precoce às atividades físicas, menor índice de infecções e hernias, melhor efeito estético, entre outros.

Cirurgia por Acesso Único - Single Port

​​​​​A​través deste método minimamente invasivo, todos os instrumentos são inseridos por uma única incisão, (de 15 a 30 mm),  geralmente realizada na cicatriz umbilical.

Esta técnica utiliza os mesmos princípios da cirurgia laparoscópica convencional, porém com menos incisões.

Para este tipo de procedimento são utilizados instrumentos especiais, com curvatura ou articulação, como ilustra a imagem ao lado.


Conheça mais sobre cada uma das cirurgias realizadas pela equipe da Clínica Cirúrgica Chapecó !