top of page

Colonoscopia

A Colonoscopia é um exame preventivo ou terapêutico que permite visualizar a mucosa do cólon (intestino grosso) e o final do intestino delgado (íleo terminal). Através do Colonoscópio, um tubo fino e flexível é possível analisar todo o intestino e encontrar pólipos, câncer, úlceras e outras doenças.

Para realizar o exame é necessário que o intestino esteja limpo, para isso você deve seguir as instruções sobre a dieta e fazer uso de laxantes conforme orientações.

O exame dura em torno de 30 minutos e é aplicado um sedativo intravenoso para que o paciente não sinta incômodo durante o exame. Após o exame o paciente é levado a uma sala de repouso, onde permanecerá tomando soro por mais ou menos 40 minutos e somente será liberado com o consentimento médico. 

A Colonoscopia é indicada para:
- Pessoas acima de 50 anos (prevenção de câncer de cólon e reto);
- Pessoas acima de 40 anos que tem familiares com câncer de cólon ou reto;
- Diarréia;
- Prisão de ventre;
- Dor abdominal;
- Sangramento baixo;
- Tumores benigno ou maligno ;
- Doenças inflamatórias intestinais (colites).

intestino grosso

A Clínica Cirúrgica Chapecó conta com profissionais especializados, possui equipamentos de última geração, todas as certificações e todo suporte para realização de exames de endoscopia sob sedação ou anestesia geral. 

​É realizado na Clínica, de forma ambulatorial, não precisa internação hospitalar.

Se você ou algum familiar vai realizar o exame, no dia do exame LEMBRE-SE:

- Ter um acompanhante (obrigatório para exames com sedação);

- Ter em mãos documentos pessoais;

- Trazer a guia do pedido médico do exame;

- Trazer todos os exames anteriores e recentes (todos que tiver);

- Fazer o preparo completo conforme orientações.

Leia abaixo o informativo do procedimento, orientações sobre o preparo e orientações após a alta de exames sob anestesia ou sedação.

Qualquer dúvida sobre os procedimentos entre em contato através do Chat, Whatsapp ou telefone.

Faça o Download do Termo de consentimento, informativo, orientações e preparo abaixo. 

Preparo para quem vai realizar a Colonoscopia pela MANHÃ.

Preparo para quem vai realizar a Colonoscopia à TARDE.

Preparo para Colonoscopia

O MAIS IMPORTANTE que você pode fazer é seguir corretamente a dieta e o preparo que são prescritos, para que o exame seja realizado com a melhor qualidade possível e não necessite ser realizado novamente por não estar com preparo adequado.

Por quê isso é importante ? 

Quando o intestino está limpo será possível identificar lesões ou pólipos com tamanho muito pequeno, caso esteja sujo essas lesões não poderão ser visualizadas e o exame pode ser considerado inadequado, como você pode observar nos exemplos abaixo.

intestino limpo
intestino sujo

Informativo do Procedimento COLONOSCOPIA ou ENDOSCOPIA DIGESTIVA BAIXA

 

O (A) Sr.(a) foi encaminhado(a) para a realização de uma Colonoscopia, que auxiliará seu médico na avaliação e tratamento da sua doença. Este folheto responde perguntas freqüentes sobre o procedimento. Em caso de outras dúvidas, sinta-se à vontade para discuti-las com seu médico, seu endoscopista ou sua enfermeira.

 

O Que é a Colonoscopia ?

 

É um exame que permite ao médico examinar o revestimento mucoso do intestino grosso e muitas vezes, da porção final do intestino delgado.

 

Na Clínica Cirúrgica Chapecó o procedimento é realizado com aparelhos de última geração, que oferecem imagens de alta definição. Antes de seu uso, todos os endoscópios passam por rigorosos processos de desinfecção.

Se houver necessidade, durante o procedimento, pode ser coletado material do intestino para exame (biópsia) e análise laboratorial detalhada. Não causa dor. Pequenos tumores (pólipos) podem ser removidos por um laço por onde passa corrente elétrica; sangramentos podem ser diagnosticados e, muitas vezes, tratados durante o próprio exame.

 

Por que se faz Colonoscopia ? 

 

A Colonoscopia é utilizada principalmente no auxilio diagnóstico de algumas doenças que causam dor abdominal, diarréia, constipação e sangramento intestinal.

 

Os sintomas acima podem aparecer em grande número de doenças benignas ou malignas e muitas vezes o exame endoscópico é imprescindível para o diagnóstico ou tratamento.

 

A Colonoscopia de rotina é normalmente realizada para o exame endoscópico do reto, cólon e do íleo terminal. Algumas vezes ocorre a necessidade da realização de biópsias destes segmentos. Contudo, outras possibilidades de procedimentos podem ocorrer durante o exame. Para tanto, a infra-estrutura de nossas salas de exame foi equacionada visando à realização de exames de alta complexidade com o máximo de conforto e segurança para o paciente.

 

Devo realizar algum preparo ?

 

O Preparo do cólon é fundamental para um bom exame. O intestino deve estar totalmente livre de resíduos fecais sólidos e o resíduo líquido deve estar claro e transparente. Para tanto, além de uma dieta especial é necessária a ingestão de laxantes e líquidos. Existem critérios que devem ser obedecidos para a escolha do preparo ideal. Siga rigorosamente a sua orientação médica para o preparo adequado.

 

Seu exame poderá não ser realizado ou interrompido caso a limpeza do intestino não fique condizente com uma boa avaliação da mucosa intestinal ou se qualquer condição clínica venha a colocar em risco a integridade do paciente. 

 

O exame exige cuidados com o uso de medicações?

 

A maioria dos remédios deve ter seu uso continuado, principalmente antibióticos, anti-hipertensivos, remédios para o coração e anticonvulsivantes que, no dia do exame, devem ser tomados com uma xícara de água (50 ml). Alguns fármacos podem interferir com o preparo ou com os procedimentos do exame. Assim, no momento do agendamento e antes do exame, não se esqueça de relatar todos os medicamentos em uso (inclusive os considerados naturais). Alguns anticoagulantes devem ser suspensos com dias de antecedência e outras medicações como hipoglicemiantes orais e insulina podem necessitar de ajustes. Siga rigorosamente as orientações que lhe foram dadas no momento da marcação de seu exame.

 

Informe seu médico se o Sr(a) tem orientação para o uso de antibióticos antes de procedimentos odontológicos ou cirúrgicos e não esqueça de relatar qualquer tipo de alergia ou reação que teve a alimentos, medicamentos, sedativos e anestésicos.

 

Como é feito o exame de Colonoscopia?

 

O Sr.(a) será encaminhado para sala de exames por um profissional da equipe de enfermagem e será submetido a uma rápida entrevista que permite conhecer melhor sua condição de saúde e planejar o procedimento de sedação a ser utilizado. Após a administração da sedação, o médico endoscopista introduz o endoscópio através do canal anal e o conduz suavemente através do intestino grosso, realizando um exame cuidadoso sem que o paciente sinta desconforto ou dor. A duração aproximada do procedimento é de 30 minutos. Tempo de permanência no setor é de aproximadamente 1 hora.

 

Durante a Colonoscopia podem ser necessários Procedimentos Complementares?

 

Durante o exame o médico pode se deparar com alterações que indicam a realização de biópsias. Na presença de sangramentos podem ser necessários instrumentos hemostáticos como agulhas (para injeção de medicamentos), cautérios, clipes metálicos e ligaduras elásticas, introduzidos pelo endoscópio através de seu canal terapêutico.

 

Se forem encontrados pólipos, dependendo de seu aspecto e tamanho, pode-se realizar a ressecção endoscópica destes com alças de polipectomia. Estreitamentos (estenoses) podem necessitar de tratamento com instrumentos dilatadores e corpos estranhos podem ser retirados com pinças apropriadas.

 

O que acontece após a Colonoscopia?

 

Terminado o exame, o paciente é encaminhado para a sala de recuperação pós-anestésica onde é monitorado até que esteja bem acordado e tenha condições de alta.

 

Após o exame normalmente o paciente não apresenta sintomas, sendo raras as manifestações de náuseas, desconforto abdominal e cólica, sintomas que normalmente melhoram após a eliminação do ar insuflado no intestino durante o exame.

A equipe da endoscopia irá informá-lo(la) caso exista algum cuidado especial não previsto antes do exame.

 

Por que preciso de um acompanhante e não posso voltar às minhas atividades normais logo após o exame?

 

Respeitando critérios de segurança e as normas da legislação Brasileira (SS-169/96, CFM 1.409/94 e SS-SP 2/2006) é obrigatória a presença de um acompanhante até o retorno do paciente à sua residência. É proibido dirigir e tomar decisões importantes nas 12 horas seguintes ao exame, pois, devido aos medicamentos usados, o paciente pode se manter sonolento e com retardo dos reflexos.

 

 

O que vou poder comer após a Colonoscopia?

 

Depois de ser liberada, a maioria dos pacientes pode voltar à sua dieta habitual. No entanto, no dia do exame, aconselhamos que evite abusos. Lembre-se de manter suas eventuais restrições médicas de dieta. A equipe da endoscopia irá informá-lo(la) caso exista alguma restrição que não estava prevista antes do exame.

 

Quais as possíveis complicações com a realização do exame?

 

Apesar de todos os cuidados tomados, algumas complicações leves podem ocorrer. A incidência geral de complicações em Colonoscopia é rara, em torno de 1:1000 exames. Complicações maiores são extremamente raras e incluem reações medicamentosas, complicações cardíacas e pulmonares. A perfuração intestinal pode ocorrer em 0,1% das Colonoscopias diagnósticas e 0,3% das Colonoscopias com procedimentos terapêuticos. Sangramentos em pequena quantidade podem ocorrer (0,06%) e são controlados durante a Colonoscopia. Nosso hospital e suas unidades avançadas estão equipados para atendê-las prontamente e nossa equipe está à disposição para lhe esclarecer eventuais dúvidas, portanto, não hesite em indagar o médico ou a enfermeira.

 

Após o exame, a persistência ou exacerbação de sinais e sintomas como: náuseas, vômitos, dor, sangramento, febre, distensão abdominal, fraqueza, taquicardia e outros, merecem atenção e o paciente deve comunicar seu médico ou se dirigir a clínica ou hospital para ser avaliado pela equipe médica. Lembramos que após exames com procedimentos complementares um discreto sangramento é esperado durante a primeira semana.

 

Possíveis complicações

• Flebite (inflamação no local da aplicação do medicamento)

• Muito raramente, pode ocorrer depressão respiratória que será revertida com tratamento adequado

• Raramente podem ocorrer perfurações e hemorragias - casos extremos (e muito raros), necessitando de internação e eventual tratamento cirúrgico se necessário.

 

Sinais de alerta a serem observados:

- Dor abdominal intensa

- Temperatura maior que 38ºC e calafrios

- Vômitos com ou sem a presença de sangramento

- Sangramento escurecido nas fezes

 

Os sangramento de grande volume são raros e podem manifestar-se com cólica, diarréia com sangue, sinais de baixa pressão arterial (como desmaios, escurecimento da visão, tonturas ao levantar). Os sangramentos tardios também podem ocorrer até 15 dias após a realização de polipectomia apresentando-se nas fezes, que na maioria das vezes é autolimitado. 

 

 

AVISOS IMPORTANTES

 

• Não se esqueça de trazer todas as suas endoscopias, ultra-sonografias, tomografias e outros exames recentes e antigos. Estes poderão ser úteis para um exame mais preciso.

 

• O serviço de endoscopia desta clínica realiza exames de pacientes ambulatoriais, portanto emergências e imprevistos podem acontecer levando a atrasos inesperados. Nestas situações nossa equipe está sempre preocupada em encontrar soluções que viabilizem seu atendimento no menor tempo possível.

 

• O não cumprimento cuidadoso das instruções recebidas, variações pessoais nas respostas fisiológicas ou a medicamentos utilizados no preparo podem acarretar em retardo no horário do exame ou mesmo na necessidade de sua reprogramação.

 

• As informações precedentes têm como finalidade oferecer uma orientação geral. É muito importante que o paciente consulte seu médico sobre sua condição específica.

 

• Apesar de ser um exame coberto pela maioria dos convênios, alguns materiais para procedimentos e algumas medicações de uso extraordinário podem não estar incluídos na sua cobertura

IMPORTANTE: 

Como os exames são realizados sob sedação, você deve seguir algumas orientações:

Orientação de alta após procedimentos com anestesia e/ou sedação

 

 

 

Recomendações:

Após a realização de procedimentos em que o paciente tenha sido submetido a anestesia e/ou sedação, é importante ter alguns cuidados, visto que o efeito das medicações pode permanecer por até 24 horas.

 

• Não tome nenhuma decisão importante ou assine documento legal;

 

• Não deixe a clínica sem a presença de um acompanhante;

 

• Não dirija veículo motorizado ou opere maquinário perigoso;

 

• Evite trabalhos que exijam concentração ou precisão de movimentos;

 

• Não pratique atividades esportivas ou escolares;

 

• Não faça uso de bebida alcoólica já que seus efeitos poderão potencializar a ação do anestésico;

 

• Faça uma refeição leve antes de reiniciar sua alimentação normal ou siga orientação do seu médico;

 

• Entre em contato com seu médico ou com a clínica caso apresente algum sintoma como náusea, vômito ou dor.

Veja abaixo algumas imagens de colonoscopias realizadas na Clínica Cirúrgica Chapecó:

intestino

Íleo terminal

doença inflamatória intestinal

Doença Inflamatória Intestinal

pólipo intestino

Pólipo Serrilhado

lesão de intestino

Adenoma

Lesão de intestino

Adenoma Viloso com magnificação de Imagem

tumor de intestino

Tumor de Ceco

íleo terminal, vilosidades

​Íleo terminal com magnificação de imagem e cromoscopia digital LCI

divertículo colônico

Divertículo intestinal

pólipo intestinal

Pólipo Hiperplásico

pólipo pediculado de intestino

Pólipo Pediculado

lesão de intestino

Adenoma Viloso com magnificação de Imagem e Crosmoscopia

tumor de reto

Tumor de Reto

bottom of page